A festa está pronta para começar. A cantora americana Pink (ou P!nk para alguns) cuja voz está por trás dos sucessos Get the Party Started e Just Like a Pill, dará dia 10 de novembro seu primeiro show na Espanha. A sala Luz de Gas em Barcelona será o cenário da estréia da Pink no país, onde irá apresentar seu novo CD Funhouse.

O evento é uma iniciativa do MySpace Secret Show. A comunidade popular da internet oferece a seus usuários a possibilidade de ver a apresentação da cantora gratuitamente, apresentando a impressão do seu perfil no MySpace como entrada.

Assim, os primeiros que chegarem ao local terão a sorte de a ver ao vivo.

Desde que lançou seu primeiro disco Can’t Take me home, há 8 anos atrás Pink ganhou inúmeros fãs e já vendeu milhões de copias de seus 4 discos anteriores. Ganhadora de um Grammy em 2003 a cantora de Pennsylvania acaba de lançar Funhouse, seu quinto CD de estúdio. So What, o primeiro single desse CD alcançou o primeiro lugar em varias paradas da Europa e Reino Unido e seu vídeo, dirigido por Dave Meyers é um dos 10 primeiros na MTV.
O sucesso de So What é a melhor estréia de Pink que espera se manter no estrelato. Enérgica e descarada, a cantora nos descreveu o CD musica por musica, destacando o seu jeito brincalhão e irônico de alguns temas, e intimista e profundo que adotou em outros, e a melancolia que algumas vezes remete ao seu recente divorcio. Pink em estado puro, com a honestidade como arma.

Ave Mary A

“Ave Mary A” é uma canção sobre quão mal está o mundo, sobre como todo mundo perdeu um pouco a cabeça. Billy Mann e eu escrevemos a canção quando colocamos o Al Clay na equipe de produção. Ele fez muitas mixagens e a pós-produção das musicas. É incrível, muito meigo e traz bons fluidos. É quem deixa tudo pronto. É tão fofo! E Ave Mary A é uma canção meiga. Mal posso esperar o momento em que 10 mil pessoas me cantem de volta”

So What

“O que posso dizer de So What? So What é uma brincadeira, escutei esse ritmo com Max Martin, é um ritmo tão legal, divertido. A verdade é que eu estava brincando quando disse “acho que perdi meu marido, não sei aonde ele foi”. (risos) foi realmente engraçado, começamos desde esse ponto em que tudo ia de mal a pior, quanto mais escrevia pior ficava, e ficamos com ela porque era igual a mim. Não penso nas conseqüências quando escrevo as musicas e agora me arrependo a cada segundo. Bem, não, na verdade não.”

Sober

“É uma canção que ironicamente fiz bêbada há muito tempo, o que mais gosto de fazer é ficar com amigos bebendo cerveja e sake e falar de nossos problemas com a bebida. Não sou uma pessoa que me deixo levar, estive pensando em montar um Alcoólatras Declarados. Poderíamos ir a bares e comemorar como é bom beber.
Escrevi essa canção, que não é meiga, mesmo eu sendo meiga. Na verdade, Sober é uma canção obscura e um pouco triste. Trata dos vícios que temos, e tinha essa idéia na cabeça ‘como me sinto tão bem sóbria’. Falei com Danja e com sua incrível namorada Kara DioGuardi e escrevemos essa musica. É uma canção com sentimento, Tony kanal, Kimmy Harry e eu a terminamos, retocamos e a fizemos um pouco mais obscura e mais dura. É uma canção realmente pessoal e bonita, creio que seja uma das minhas favoritas”

Crystal Ball

“Billy Mann e eu estávamos no estúdio em Nova York onde temos sempre uma musica que interpretamos com os microfones, violões tudo aberto e gravando e vemos logo como fica. Sem produção nem pretensão, nem perfeccionismo, nada, é só sentimento, é uma energia presa. Assim é essa musica, é obvio o que significa mas não quero saber nada do futuro. Essa é a melhor parte, não saber nada.
The One that Got Away uma das musicas do meu CD anterior, o que você não sabe é que tínhamos bebido um pouco demais era uma canção que estava no meio de alguma coisa. Billy estava muito bravo comigo porque queria utilizar as demos. Não mesclo muitas dessas musicas. Muitas musicas do CD não se mesclam. Inclusive algumas se chocarm, não quero que se toquem, e claro ele queria re gravar algumas partes, e claramente não fiz isso e ele fica bem bravo…
Em The one that Got Away e Crystal Ball se escutarem atentamente, cantamos as letras erradas e nem se quer cantamos as mesmas letras. É tão bonito, há tanta energia, não é mais do que uma emoção que está gravada. Assim é essa musica.”

Glitter in the air

“Foi um momento lindo, Billy Mann e eu outra vez… sim, são algumas perguntas. Espero que quem escute a musica responda “sim” a todas as perguntas, porque se podem responder afirmadamente, terão tido uma boa noite”.

I don’t Believe in You

“A primeira coisa que me vem à cabeça com I don’t believe in you sou eu na cabine cantando. Realmente na sala de controle, escutando essa musica, lagrimas correram em minhas bochechas dizendo como ‘é sério?’. É meu lado mais vulnerável e nunca o deixo aparecer. Aparece nessa musica. E eu adoro, adoro, simplesmente adoro, é muito querida por mim.”

Please Don’t Leave Me

“Outra musica que fiz com Max Martin, posso ser realmente má. O primeiro passo é a negação. Fala sobre como podemos ser cruéis com as pessoas que amamos. Somente dizendo coisas como “que se dane… volte, não pretendia dizer isso”. Assim é a musica.

Mean

“Vou dizer a verdade, logo podemos decidir se queremos ir ali ou não. Numa das ultimas viagens que fiz com Carey, íamos, Butch, Carry, Nora, a mulher de Butch, Steve e Jade Astafin… bons amigos nossos, éramos como os seis mosqueteiros, sempre viajávamos juntos.
Era uma de nossas ultimas viagens e era aniversario do Butch em Ohio, fomos todos com violão e fizemos um picnic. Nem tinha começado a fazer meu CD. Todos somos amigos e sabiam que eu e Carey não estávamos bem, inclusive eu e Carey sabíamos disso, mas então, estava triste, sabíamos que era uma de nossas ultimas viagens como Os Seis.
Chamei o Butch num canto, longe de todos e disse a ele que queria escrever uma musica chamada How did we get so mean, e começamos a escrever, na frente de todos no meio do picnic. Butch foi a primeira pessoa com quem trabalhei depois que Carey e eu decidimos separar, sentei e chorei durante toda a musica com Butch. Trabalhamos ele e gravamos enquanto chorava ao celular, muito triste. Acho que todos podem se identificar com essa canção, meu pai chorou quando a escutou.”


Fonte: elmundo.es
Tradução: Nickisis

Anúncios