Pink é a estrela internacional que acabou de lançar seu quinto CD de estúdio chamado Funhouse, em que ela escreve sobre coração partido, aprendizados e alguns bons momentos. Pink já se envolveu desde o estilo R&B até o pop rock e criou um estilo e som que vai espantar a concorrência. O ultimo CD I’m Not Dead, quase fracasou nos EUA até o single U+Ur hand ser lançado.

“Eu queria que fosse o segundo single, mas acabou sendo o terceiro e fez o CD virar hit nos EUA” ela ri.

Desde então ela terminou com Carey Hart, que ainda é amigo e até apareceu no clipe ‘So What’. Ela chegou ao primeiro lugar nas paradas Hot 100 da Billboard com o primeiro single de Funhouse, e está aprendendo muito com as lições da vida.

“Coração partido é a pior coisa. Eu originalmente queria que esse CD se chamasse ‘Coração partido é um filho da P***'”

Coração partido está presente em todo o CD. Até mesmo com as músicas ‘So What’, ‘Funhouse’ e ‘It’s all your fault’, ela se encontra falando sobre as memórias e piadas. De qualquer jeito não se engane pelo título do CD.

“Eu entitulei esse CD de Funhouse porque é como a vida e o amor são. São assustadores pra caramba, você sabe no que está se metendo, às vezes você não sabe o que vai acontecer, mas você já comprou o ingresso do mesmo jeito”.

O coração de Pink aparece em várias músicas, incluindo a ‘I Don’t Believe You’, que corta o coração e faz lágrimas escorrerem até do homem mais durão. Essa musica é completamente triste, e os críticos e os fãs dizem que mostra o lado mais vulnerável já visto dela. Mas isso não a impede de viver e aprender. Em ‘Crystal Ball’ ela escreve sobre erros que cometeu e o que aprendeu com a dor e que nunca mudaria nada.


Fonte: Associated Content
Tradução: Nickisis

Anúncios